Você trabalha com Marketing Digital? Com Mídia Online?

Você trabalha com Marketing Digital? Com Mídia Online? Se eu te contar que existem possibilidades para suas estratégias que são melhores que mídia em Google Ads, Facebook e Instagram, você acredita? Bom meu amigo e amiga seu mundo vai nas próximas linhas… Essas plataformas acima são maravilhosas, contam com várias segmentações geniais, além disso, você qualquer um […]

Por Bruno de Oliveira

15 de outubro de 2019

Você trabalha com Marketing Digital? Com Mídia Online?

Você trabalha com Marketing Digital? Com Mídia Online?

Se eu te contar que existem possibilidades para suas estratégias que são melhores que mídia em Google Ads, Facebook e Instagram, você acredita?

Bom meu amigo e amiga seu mundo vai nas próximas linhas…

Essas plataformas acima são maravilhosas, contam com várias segmentações geniais, além disso, você qualquer um pode anunciar com poucos reais, é fácil é simples, mas geram resultado? Fico na dúvida, pois vejo diariamente centenas de “consultores” que querem me ensinar a ficar rico com o Instagram e Copy, me ofereceram esses dias um curso de Copy de 3 dias por 10 mil reais ? Mah Oieeeeee!

Bom vou colocar alguns dados do Mercado que realmente acredito que pode mudar o planejamento:

  • 65% dos investimentos globais em publicidade digital em 2019 serão transacionados programaticamente, aproximadamente US$ 84 bilhões.
  • A expectativa é que até 2020 esse valor represente 68% dos gastos com programático, um total de US$ 98 bilhões.
  • Os EUA também despontam em relação à adoção da publicidade programática, já que 83% dos investimentos em mídia digital serão programáticos.

Bom o mercado Americano é um grande influenciador do resto do mundo principalmente do Brasil, já que utilizando quase 90% das ferramentas deles.

Mas o que pode tanto fazer com essa tal de Mídia Programática?

Vamos aos principais pontos que você talvez ainda não saiba:

1 – Segmentação: Você pode comprar dados de empresas chamadas de Data Providers, e escolher um target muito específico, que nunca encontraria nas segmentações da GDN ou do Facebook e Instagram.

2 – Canais: Conseguem anunciar em diversos devices utilizando uma única plataforma: aplicativos, sites, out of home, Smart Tv e agora até na TV aberta (Tv Programática).

3 – Relatórios: Todos em um local só, com informações detalhadas e aprofundas, você vai definir o que quer ver, qual é o viewability da sua campanha no Facebook e Instagram?

Além desses 3 pontos que já considero incríveis, imagina poder comprar mídia que antes era considerada offline em uma ferramenta online, podendo mensurar tudo? Pagando apenas para impactar o seu target? Está de brincadeira?

Os profissionais que estiverem nesse ecossistema da Mídia Programática e souberem, comprar, vender, negociar, operar as ferramentas e principalmente transformar todas esses dados em informações e insghts para os clientes, estarão na frente da corrida. Na verdade, já estão, recentemente falei com vários amigos e colegas do mercado, gestores, diretores, etc. Percebi que profissionais que atuam com mídia programática ganham em média 30% a mais que os outros profissionais de mídia online ou marketing digital. E você vai ficar parado ai meu filho? Vai estudar!